Montagem da obra na galeria da Uiversidade Torcuato di Tella, Buenos Aires, 2014
Instalação > três guias turísticos e 85 cartelas (13 x 19,5 cm cada)





                Todos os pontos é a contração do título completo que dá as instruções para o projeto: Percorrer no menor tempo possível todos os pontos de interesse em Palermo SoHo e Palermo Hollywood segundo diferentes guias turísticos.

                Descartando os pontos mais evidentes (museus, jardins, monumentos etc.), trata-se não apenas de apontar para a extrema volatilidade de certos bairros visados pela especulação imobiliária, como de estabelecer, com meu próprio deslocamento físico, uma cartografia ideológica dos guias turísticos. Isto é, de compreender o que estão buscando em um mesmo território — onde dormem?, onde comem?, ondem compram? — os novos exploradores anônimos que assinam os guias mais vendidos do mundo: Le guide du Routard (França), The Rough Guide (Inglaterra) e Lonely Planet (Estados Unidos).

                Ao lado das fotografias e dos horários, que comprovam a passagem por cada ponto, encontra-se em cada ficha a descrição completa dos pontos de interesse, tal qual elaborada pelos distintos guias.





  créditos

registros fotográficos Estefania Landesmann